Arquivos por mêsfevereiro 2019

Série inédita do Travel Box Brazil debate evolução da erva-mate como mistura em bebidas e pratos

FOTO: Divulgação TBBDa descoberta indígena ao potencial culinário, terapêutico e econômico. A planta ‘ilex paraguarienssis’, nome científico do mate, assumiu o status de mistura em bebidas quentes e frias a aperitivos e pratos principais, acessível aos paladares experimentais e alcoólicos. A rota desta erva desde a fase de planta mitológica às suas ramificações no mercado brasileiro e internacional será debatida em série inédita na TV, intitulada ‘Ilex, A Busca pelo Sabor’, que estreia neste sábado (2), às 18h30, no canal por assinatura Travel Box Brazil.  Produzida em linguagem documental, a série ‘Ilex, A Busca pelo Sabor’ se concentra na descoberta do universo de possibilidades da planta típica da América do Sul. Sólida no mercado, a erva-mate está sendo internacionalizada nos últimos anos, o que inclui presença em cervejas artesanais e energéticos de danceterias alemãs. O lastro econômico de seu consumo tão vasto poderá gerar escassez da matéria prima para a demanda mundial.No Brasil, a erva-mate tem seu maior consumo nos Estados do Sul, principalmente, por conta do chimarrão. Em janeiro de 2019, entrou em vigor a lei que cria a Política Nacional da Erva-Mate, com o objetivo de aumentar a produção, a industrialização e a comercialização do produto, por meio da oferta de linhas de crédito e financiamentos. A lei facilita os empréstimos para a cadeia produtiva da erva, além de incentivar pesquisas para aperfeiçoar a produção.Os financiamentos da cadeia produtiva estão associados ao potencial terapêutico da planta. Pesquisas da Universidade de Illinois, nos Estados Unidos, afirmam que o mate possui benefícios medicinais devido ao seu alto teor de antioxidantes. Reduz os processos inflamatórios e tem o poder de combater o câncer. Isso ocorre porque o mate possui uma grande concentração de ácidos cafeoilquínicos (ACQ), substância capaz de induzir a autodestruição das células cancerígenas por meio da danificação de seu DNA.Para debater origens, qualidades medicinais, paladar gastronômico e mercados brasileiro e internacional da erva-mate, a série percorreu regiões de cultivo para entrevistar pequenos produtores. Além disso, conta com entrevistas de diversos especialistas, como o médico e pesquisador Nelson Bracesco, os historiadores Renê Ramos e Janaik Baum, o Sommelier Edu Pelizzon e a dermatologista Manoela de David Dornelles.  ‘Ilex, A Busca pelo Sabor’ é produzida pela Estação Filmes com direção de Gabriel Horn. ”Para os tomadores de chimarrão, uma quebra de paradigmas. Para o público em geral, mais uma oportunidade de saborear a essência da América do Sul”, conta o diretor.

Music Box Brazil exibe o "Especial de Carnaval 2019"

FOTO: Divulgação MBBRock, pop, sertanejo, rap e samba. O Especial de Carnaval 2019 do canal por assinatura Music Box Brazil é diversificado e inteiramente nacional para quem pretende ficar grudado na TV durante os dias da festa carnavalesca. Vai rolar maratona de shows, documentários e videoclipes de Alcione, Skank, Nando Reis, Capital Inicial, CPM 22, MV Bill, Rappin’ Hood, Dudu Nobre e Art Popular, entre outros nomes, já a partir do dia 1 de março, sexta-feira, e segue até 5 de março, terça-feira, sempre na faixa das 20 às 24 horas.O especial elege um gênero diferente por dia de programação. E nada mais justo do que o ritmo anfitrião do carnaval, o samba e suas derivações, abrir a maratona musical. No primeiro dia (1 de março) é a vez do cantor Salgadinho, ex-vocalista do grupo Katinguelê e compositor dos hits ‘Inaraí’ e ‘Lua Vai’,  relembrar o pagode dos anos 90 com o show ‘Minha Verdade’. O tributo às décadas passadas também fica por conta de Leandro Lehart. O cantor, compositor e arranjador interpretará enredos de desfiles da Vai-Vai, Mocidade Alegre e Nenê de Vila Matilde no show histórico ‘Ensaio de Escola de Samba’.O meme ‘Hoje é dia de rock, bebê’ define o segundo dia (2 de março) do especial. Nando Reiscantará sucessos de sua carreira como compositor, entre eles ‘O Segundo Sol’ e ‘Relicário,’ em registro de show no festival João Rock. O maior evento do gênero no país também traz shows com repertório de hits recentes e clássicos do Capital Inicial e Skank. O registro das duas apresentações poderá ser visto no especial. O documentário ‘Suor e Sacrifício’ acompanhará os bastidores da atual turnê do CPM 22. A atração mostrará a preparação para shows por todo o país dessa que é uma das primeiras bandas de hardcore com músicas em rádios comerciais.É a vez do coquetel Brasil, mistura de sons e ritmos, no terceiro dia (3 de março) do especial. Odocumentário ‘Tudo acaba em funk’ refletirá sobre a passagem do estilo marginalizado para a música de apropriação das classes altas. Aclamado dentro e fora do país, o baixista e compositor Caio Fernando trará o melhor da música instrumental contemporânea em show ao vivo em Santa Catarina. A programação do dia também inclui apresentações de MPB da cantora, que começou a carreira artística como malabarista circense, Silvia Machete, e o pop romântico da dupla Claus & Vanessa.O compromisso do rap com a crítica social e o improviso fortalecem o quarto dia (4 de março) do especial. A programação exibirá o registro do show ‘Despacho Urbano’ em que MV Bill mistura rap com rock. Apresentador do programa ‘Hip Hop Brazil’, transmitido pelo canal Music Box Brazil, o rapper carioca mostrará a festa de três anos da atração no Rio de Janeiro em programa com entrevistas e performances musicais com convidados.  Em entrevistas exclusivas, dois ícones do rap Rappin’ Hood e Froid falam de suas carreiras profissionais, novos trabalhos e, claro, cenário nacional do estilo musical.Para não fugir ao ditado popular “tudo acaba em samba”, o quinto, e último, dia (5 de março) do Especial de Carnaval 2019 celebra a passagem da festa carnavalesca com diferentes gerações do estilo musical centenário. O documentário ‘Marrom 70’ mostrará a influência do pai na carreira musical da cantora Alcione desde a infância, enquanto ‘Roda de Samba’ registra Dudu Nobre em apresentação íntima para convidados e pessoas próximas. O show ‘Breakdown Partido Alto’ marcará o retorno do cantor Leandro Lehart ao grupo que o projetou a carreira nacional da música nos anos 90, Art Popular. A apresentação é acompanhada de orquestra e traz os grandes sucessos do grupo de pagode. Que tal misturar samba, pop, funk e soul? Essa é a proposta do show ‘Samba Pop’ de Ivo Meirelles, cujo repertório vai de Cazuza a Jorge Ben Jor.O Especial Carnaval 2019 do canal de TV por assinatura Music Box Brazil será apresentado pelo modelo e cantor Pedro Perestrello, a apresentadora Priscila Carvalho e a empreendedora Maria Galvani. Além de shows e documentários, a atração exibirá faixa exclusiva com videoclipes dos estilos musicais contemplados na programação do especial, de novos e consagrados cantores e bandas.PROGRAMAÇÃODia 01/03 (sexta-feira) – Tributo ao Samba–  Show Salgadinho ‘Minha Verdade’–  Show Leandro Lehart ‘Escola de Samba’–  Clipes JukeboxDia 02/03 (sábado) – Hoje é Dia de Rock Bebê–  Show Nando Reis ‘Festival João Rock’– Documentário CPM 22 ‘Suor e Sacrifício’–  Show Capital Inicial ‘Festival João Rock’– Show Skank ‘Festival João Rock’–  Clipes JukeboxDia 03/03 (domingo) – Cocktail Brazil, pop, funk, sertanejo– Documentário ‘Tudo acaba em Funk’– Show Caio fernando ‘Ao vivo em Santa Catarina’– Show Silvia Machete– Show Claus & Vanessa ‘Luz’– Clipes JukeboxDia 04/03 (segunda-feira) – Rap é Compromisso– Show MV Bill ‘Despacho Urbano’– Show MV Bill ‘Festa de 3 anos do programa Hip Hop Brazil’– Drops Froid– Drops Rappin’ Hood– Clipes JukeboxDia 05/03 (terça-feira) – Quem não Gosta de Samba Bom sujeito não é!– Documentário Dudu Nobre ‘Roda de Samba’– Documentário Alcione ‘Marrom 70’– Show Art Popular ‘Breakdown Partido Alto’– Show Ivo Meirelles ‘Samba Pop’– Clipes Jukebox

LIFETIME estreia a polêmica minissérie sobre R. Kelly, que deu origem a um dos maiores escândalos do mundo da música

FOTO: Divulgação LifetimeEm seis episódios e formato de documentário, a polêmica produção original do LIFETIME Sobreviver a R. Kelly (Surviving R. Kelly) estreia no Brasil, no dia 15 de março, sexta-feira ás 20h40. Após sua exibição nos Estados Unidos, que registrou recorde de audiência e tornou-se um dos assuntos mais comentados nas redes sociais, diversas celebridades se posicionaram contra o músico, e até se desculparam por terem colaborado com o artista, caso de Lady Gaga, Celine Dion, John Legend, Chance the Rapper e da banda Phoenix, entre muitos outros.Sobreviver a R. Kelly conta tudo sobre o escândalo que envolve um dos mais celebrados e controversos cantores de R&B de todos os tempos, e que hoje está em todos os portais de notícias devido às sérias acusações de abuso sexual e conduta inapropriada com garotas menores de idade. A minissérie do LIFETIME dá voz a dez vítimas e revela segredos que o público ainda não conhece.R. Kelly, que há alguns dias esteve na cadeia e saiu graças a uma fiança milionária, enfrenta fortes acusações e o questionamento permanente de quem um dia colaborou com ele ou o admirou como artista. Por meio do LIFETIME, pela primeira vez, as vítimas e mulheres do círculo íntimo de R. Kelly ganham voz e compartilham suas histórias.Março é o Mês da Mulher, e o LIFETIME compartilha com sua audiência os depoimentos destas valentes vítimas na minissérie Sobreviver a R. Kelly, e as celebra por sua integridade ao estarem prontas para contar a todos sua verdade e revelar segredos da vida do artista.Os depoimentos trazem novas acusações a respeito dos abusos sexuais, psicológicos e físicos de R. Kelly. Foram registrados dez casos de vítimas, por meio de 52 entrevistas, entre elas, com a ativista de direitos civis Tarana Burke, e com os músicos John Legend e Sparkle.Também participam a apresentadora Wendy Williams, a ex-esposa do cantor, Andrea Kelly, sua ex-noiva Kitti Jones, seus irmãos Cary e Bruce Kelly, bem como outras pessoas que foram próximas a ele e que têm o firme propósito de revelar seu polêmico passado, desde os anos 1970.Sobreviver a R. Kelly tem produção executiva da cineasta, crítica cultural e ativista Dream Hampton, Tamara Simmons, Joel Karlsberg e Jesse Daniels, para a Kreativ Inc, em parceria com Bunim/Murray Productions (BMP), e Brie Miranda Byant, do LIFETIME.A série reforça o compromisso do LIFETIME em oferecer uma plataforma para dar voz às mulheres vítimas, conscientizar e buscar uma solução à problemática dos casos de abuso e assédio.A minissérie se transformou em um sucesso de audiência do LIFETIME: durante sua estreia nos Estados Unidos, foi vista por 1,9 milhões de telespectadores, e registrou o maior desempenho de uma atração do canal em dois anos, na audiência-chave, que inclui adultos de 25-34 anos (1,2 milhões), adultos 18-49 (1,1 milhão), mulheres 25-54 (837 mil) e mulheres 18-49 (767 mil).De acordo com a medição do Nielsen Media Research, Sobreviver a R, Kelly teve os melhores resultados de uma série sem roteiro nos últimos três anos, em todo seu público-alvo. Em sua última hora de transmissão, a minissérie também mostrou um crescimento impressionante em audiência total (+ 18%).Sobreviver a R. Kelly também dominou as redes sociais, alcançando o programa #1 com mais atividades durante sua estreia em sinal aberto e na TV a cabo, no dia 3 de janeiro deste ano, segundo a  Nielsen Social Content Ratings.A minissérie alcançou um total de 743 mil interações no Facebook, Instagram e Twitter, o que se tornou a maior repercussão em mídias sociais de uma estreia na história do LIFETIME.O LIFETIME exibe os seis episódios da série de 15 a 17 de março, sexta a domingo:15/3, sexta-feira, às 20h40 – Ídolo do R&B À medida que a fama do cantor R.Kelly aumenta, também cresce o seu poder como ícone do R&B. Ele aproveita para estabelecer relações com cantoras e bailarinas menores de idade. No entanto, nem sequer os boatos de seu casamento com Aaliyah, de apenas 15 anos, conseguem deter o seu meteórico sucesso.15/3, sexta-feira, às 21h30 – Escondido em plena luz do dia O casamento com a jovem Aaliyah é anulado. Enquanto isso, a carreira de R. Kelly continua prosperando até ele alcançar o topo dos rankings musicais. Após uma cerimônia realizada em absoluto segredo, uma talentosa coreógrafa se transforma na nova mulher do cantor.16/3, sábado, às 20h40 – O vídeo proibidoUm grupo de jornalistas denuncia uma série de litígios e acordos secretos que envolvem R. Kelly com garotas menores de idade. E, para piorar ainda mais sua situação, surge um vídeo sexual que deixa o famoso cantor em uma situação muito comprometedora. Quem poderá defendê-lo agora?16/3, sábado, às 21h30 – O povo contra R. KellyDepois que um vídeo comprometedor envolvendo uma garota menor de idade se tornar público, R. Kelly é enviado para julgamento na cidade de Chicago e enfrenta múltiplas acusações por sua participação na produção de pornografia infantil. Que espécie de condenação ele vai receber?17/3, domingo, às 20h40 – Todas as garotas desaparecidasR. Kelly é acusado pelos pais de várias garotas que participaram de seu acampamento de canto. Eles acreditam que as meninas sejam psicológica e sexualmente abusadas pelo cantor. Uma das mães se recusa a perder sua filha e faz tudo o que está ao seu alcance para recuperá-la.17/3, domingo, às 21h30 – Justiça para elasEnquanto os abusos sexuais de outros famosos tornam-se públicos, as reclamações das mulheres ganham mais força e as vítimas do cantor têm coragem de denunciá-lo. Terá chegado a hora de R. Kelly pagar por seus crimes? Ou continuará escapando da justiça?   Classificação indicativa 14 anos

Food Network estreia série de programates com releituras saudáveis de quitutes

FOTO: Divulgação FNA partir de segunda-feira, 4 de março, vão ao ar os programetes COZINHA FOOD NETWORK SEM CULPA, uma seleção de receitas saudáveis, baseadas em quitutes como coxinha, pudim de leite e bobó.As releituras são criadas e apresentadas por Bel Alvares, cozinheira profissional e vencedora da segunda temporada de Masterchef Brasil. Bel criou opções às tradicionais receitas calóricas, fazendo substituições low carb que preservam o sabor e a delícia dos pratos. Os resultados são versões que agradam aos que buscam uma alimentação mais saudável sem abrir mão do prazer de comer.A série de programetes é composta por dez episódios, cada um deles com aproximadamente dois minutos de duração. Eles irão ao ar diariamente, de segunda a sexta-feira, sempre às 18h20, durante o intervalo da programação do Food Network.Bel Alvares enfrentou diversos desafios na busca de um caminho que atiçasse seu paladar e sua criatividade dentro da culinária saudável. Depois de muitas tentativas frustradas, conheceu o universo Low Carb. Desde então, perdeu 35 quilos e se inspirou para criar as receitas que compartilha passo a passo em COZINHA FOOD NETWORK SEM CULPA.A coxinha, por exemplo, ganha massa Low Carb preparada com couve-flor e filé de frango (sim! Frango também na massa!). O suflê de chocolate aparece em uma versão facílima, com apenas três ingredientes: ovos, chocolate com 70% de cacau e xilitol.Ao ensinar suas receitas rápidas, práticas e deliciosas, Bel dá dicas sobre os preparos e novos jeitos de utilizar ingredientes já conhecidos nas cozinhas brasileiras.Receitas Salgadas:Bobó de abóbora e cogumelo com farofa de coco Coxinha de frango e requeijão de corte com massa de couve-florHambúrguer caseiro no pão de frigideiraPãozinho de alho e parmesãoSuflê de frango e queijoReceitas Doces:Pudim de leite low carbCheesecakeFudge de creme de avelãSuflê gateau de chocolateTorta de chocolate com frutas vermelhas

A segunda temporada de The Tick, estreia no Amazon Prime Vídeo em Abril

FOTO: Divulgação Amazon PVA temporada 2 de The Tick, com todos seus 10 novos episódios, estreia sexta-feira dia 5 de abril de 2019, no Amazon Prime Vídeo.Nesta segunda temporada, Tick e Arthur libertaram a Cidade d’O Terror – agora eles devem protegê-la de novos vilões e velhos inimigos. Isso apenas se eles conseguirem convencer AEGIS, a agência governamental à frente da regulamentação de super-heróis, que eles merecem este trabalho. Porém, agora que a cidade está “segura o suficiente para ser protegida” Tick e Arthur começam a ver que eles têm concorrentes.A série foi criada por Ben Edlund. No Elenco estão: Peter Serafinowicz (The Tick), Griffin Newman (Arthur Everest), Valorie Curry (Dot Everest), Brendan Hines(Superian), Yara Martinez (Ms. Lint), and Scott Speiser (Overkill). Personagens extras e aparições especiais de: Hobbes (John Hodgman), Ty Rathbone (Marc Kudisch), Sage (Cle Bennett), Bronze Star (Adam Henry Garcia), Edgelord (Julian Cihi), Flexon (Steven Ogg) e Dangerboat (Voiced by Alan Tudyk).

RedeTV! deixa a Globo pra trás e assume liderança com Copa Sul-Americana

Com a transmissão da partida entre Racing x Corinthians na noite de ontem (27), a RedeTV! atingiu excelentes índices de audiência, chegando a liderar o ranking de canais abertos da Kantar Ibope. Segundo dados consolidados, na faixa horária das 23h26 às 23h39, a emissora marcou 15,4 pontos, figurando em primeiro lugar durante 14 minutos consecutivos, ampliando uma distância de mais de 4 pontos da vice-líder no horário. Na exibição, a RedeTV! registrou 10 pontos de média, pico de 16,3 e share de 15,8%, figurando em terceiro lugar.

A disputa, transmitida em parceria com o serviço de streaming DAZN foi destaque também na internet. A hashtag #CorinthiansNaRedeTV chegou ao primeiro lugar nos trending topics do Twitter Brasil, consagrando-se como o assunto mais comentado na rede social durante o jogo.

Após novo empate por 1 a 1, o Corinthians venceu o Racing nos pênaltis, avançando para a próxima fase da Copa Sul-Americana. 

Oscar Filho é o novo contratado do SBT

O SBT acaba de assinar contrato com o humorista Oscar Filho, que fará parte da nova atração da casa, o Programa Da Maisa. Ele fará dupla com a apresentadora e estará no ar todo sábado, às 14h15. Oscar, que já tinha o sonho de fazer parte da tevê que tem torcida, conta que está muito feliz com a oportunidade. “O sonho de trabalhar no SBT já estava no meu ‘inconsciente infantil’: eu sempre preferi assistir aos programas da emissora, como o do Sérgio malandro. Quando eu estava em casa aos domingos, gostava de competir com meu pai quem iria vencer as brincadeiras do Programa Silvio Santos!”, conta. Ele já havia trabalhado com Maisa em dois longa-metragem: “Carrossel – O Filme” e “Carrossel 2 – O Sumiço de Maria Joaquina”.  “Para mim, a Maisa é um gênio… Acompanho-a desde o início de sua carreira. E eu tenho certeza de que vai ser muito legal. Temos uma relação espontânea, sempre nos demos muito bem nas vezes em que nos encontramos. E eu espero o melhor, de verdade. Aceito esse trabalho com toda a vontade do mundo!”, comemora Oscar.

Sobre o Oscar Filho:

Humorista consagrado, Oscar já teve passagem pela Bandeirantes, Record e pela TV Globo, participando de programas de muito sucesso e repercussão nas três emissoras. Também   atua   em grandes produções no teatro e faz sucesso por todo o Brasil com shows de Stand Up Comedy. Ela ainda é autor de uma autobiografia que conta diversos momentos de sua carreira e ganhou prêmios por sua atuação no programa CQC (Tv Bandeirantes). Oscar ainda estreia, em março, um novo show de Stand Up Comedy, o “Putz Grill”, em São Paulo.

Série documental inédita do GNT retrata lutas feministas

FOTO: Divulgação GNT/ Luiza de Moraes / Saeed / Aneeqa AliNo dia 6 de março, às 23h30, estreia no GNT a série documental #OFuturoÉFeminino, produzida pela BASE#1, em que as três jornalistas Claudia Alves, Fernanda Prestes e Bárbara Bárcia fazem um registro histórico das lutas feministas em diferentes lugares do mundo. Elas entrevistam, ao longo de cinco episódios, mulheres ativistas na Islândia, no Paquistão e no Brasil – países escolhidos com base no ranking de igualdade de gênero, divulgado pelo Fórum Econômico Mundial – para investigar o lugar ocupado por elas nessas sociedades. “Esse trabalho documenta o atual momento do feminismo no Brasil e em outros lugares do mundo, que vive hoje o que se chama de ‘Primavera das Mulheres’”, explica Fernanda Prestes.O feminismo é chave principal do processo de luta pela igualdade de gênero e tema principal da série. As jornalistas investigam como é ser mulher no mundo e a importância de se falar sobre feminicídio, casamento infantil, diferença salarial, abuso sexual, entre outros assuntos urgentes.Segundo o último relatório, ainda serão necessários mais de 100 anos para que a igualdade de gênero seja alcançada no mundo. “Acreditamos que, ao registrar e exibir nossos encontros com mulheres engajadas em causas feministas, podemos potencializar e conscientizar outras mulheres ao redor do globo. Empatia e identificação geram evolução”, avalia Claudia Alves.Na Islândia, que está em primeiro lugar no ranking há dez anos, as jornalistas conversam com Vigdis Finnbogadottir, primeira mulher eleita presidente democraticamente no mundo, que participou da paralisação das mulheres de 1975; Katrín Jakobsdóttir, atual Primeira Ministra do país; Maríanna Traustadóttir, membro do Comitê de criação da lei Equal Pay Act, que tornou ilegal o pagamento desigual entre gêneros quando a função e tempo de trabalho são os mesmos; e visitam uma escola Hjalli, um método educacional que trabalha a questão de gênero com as crianças desde a base.No Paquistão, país que está em penúltimo no ranking de igualdade de gênero, as jornalistas trazem temas como religião, assédio e liberdade de expressão. A viagem pelas cidades cosmopolitas até os lugares mais conservadores do país proporcionou encontros com diferentes mulheres, como a duas vezes ganhadora do Oscar Sharmeen Obaid, cujos filmes denunciam a violência contra a mulher paquistanesa; Tabassum Adnan, única a formar um conselho local para atender mulheres; e Afyia Zia, pesquisadora que faz uma reflexão sobre o papel da religião na vida das mulheres em um país islâmico.Por fim, no Brasil, que caiu cinco posições no último ano, as jornalistas conversam com a promotora de justiça Gabriela Mansur, militante pelas mulheres vítimas de violência e uma das responsáveis pelas oitivas do caso João de Deus; a ex-Pantera Negra Angela Davis, ícone internacional do feminismo negro e Monique Evelle, jovem baiana que dialoga com a nova geração ativista no país.

Aproveite o carnaval para refletir sobre a mente humana na HBO GO

FOTO: Reprodução Se para você o Carnaval é um feriado para relaxar, então deite no divã, acesse a HBO GO e aproveite para ver ou rever as três temporadas de PSI, série de ficção que desvenda a mente humana de uma forma descomplicada. A maratona é um preparo para a estreia da quarta temporada, que terá como tema a paranoia, em 24 de março, às 21h, no canal HBO e na HBO GO.Gravada na cidade de São Paulo, PSI é uma produção original da HBO Latin America com roteiro e direção geral de Contador Calligaris, psicanalista, escritor e dramaturgo. A história é protagonizada pelo psicanalista Carlo Antonini (Emílio de Mello), que se interessa por casos pouco convencionais dentro e fora do consultório. Ele sofre na vida pessoal as consequências de lidar com temas existenciais do mundo moderno, que o fazem reavaliar o sentido da sua profissão.A narrativa principal da série gira em torno dos conflitos de Antonini, e, ao longo dos episódios, outras personagens são inseridas à trama. Nas duas primeiras temporadas, cada episódio aborda de maneira prática um tema da natureza humana, que é discutido e analisado pela perspectiva da psicanálise. O formato de PSI muda a partir da terceira temporada, com uma história narrada a cada dois episódios.PSI foi duas vezes indicada ao Emmy® Internacional: em 2015, pela atuação de Emílio de Mello e, em 2018, na categoria de melhor atriz pela atuação de Denise Weinberg. A série foi vencedora de seis prêmios na 39ª edição do Telly Awards.

Vin Diesel é o "Astro do Mês" de março do MEGAPIX

FOTO: Divulgação MegapixEle arrasa da ação à comédia! Em março, o “Astro do Mês” é um dos atores mais queridos de Hollywood: Vin Diesel.Na quinta, dia 7, às 16:10, o ator abre o seu mês com Triplo X. Xander é um fora da lei e atleta de esportes radicais. De olho em seu potencial, o agente Gibbons da NSA recruta Xander em troca de limpar sua ficha dos crimes previamente cometidos. Agora ele será treinado para se tornar um agente e enfrentará um poderoso inimigo.No dia 14, quinta, às 22:30, ele se transforma em O Último Caçador de Bruxas. O ator é Kaulder, um caçador de bruxas amaldiçoado a viver eternamente. Ele se une a uma instituição religiosa e passa séculos lutando para combater o Mal. Com a ajuda da jovem bruxa Chloe, ele terá que enfrentar uma nova ameaça que coloca em risco o futuro da humanidade.Já no domingo, 17, às 22:00, Vin Diesel aparece em um de seus personagens mais marcantes, Dom. Em Velozes e Furiosos 6, após o golpe no Rio de Janeiro, ele, Brian e todo o grupo se tornaram fugitivos. Enquanto isso, o agente Hobbs esteve perseguindo uma organização de mercenários, que conta com a ajuda de uma destemida aliada. A única maneira de detê-los é nas ruas. Para isso, Hobbs precisará da equipe de Dom.O bom humor do ator é destaque no dia 22, às 20:45, em Operação Babá. Um agente disfarçado vai precisar proteger os filhos de um cientista que pode estar em perigo. Sem experiências com criança, ele vai precisar usar suas táticas da polícia para conseguir cuidar delas.